CÔYSAS DA PAIXÃO [Capítulo #2] – Amor das antigas



Seu Artemísio, sentado em sua poltrona, lê calmamente o jornal. Seu filho, Claudição, está na outra poltrona, assistindo à televisão. Quando seu Artemísio subitamente grita:

ARTEMÍSIO: É ELA!!!!!!!!!!!

CLAUDIÇÃO: Papai?

ARTEMÍSIO: É ela! É ela!

CLAUDIÇÃO: Ela quem, papai?

ARTEMÍSIO: Dona Côysa! (choroso) Meu grande amor do passado…

CLAUDIÇÃO: Puxa vida! =O

ARTEMÍSIO: Meu Deus, como ela tá bonita :')

CLAUDIÇÃO: É aquela que eu passei anos procurando pro senhor? É aquela que o senhor namorava quando tinha minha idade, mas que vocês tiveram que se separar por causa de desatinos do destino?

ARTEMÍSIO: Ela mesmo!!!! Linda demais :')

CLAUDIÇÃO: Minha nossa!!! =O

ARTEMÍSIO: Eu reencontrei! Eu reencontrei minha Coysinha! Minha amante e namorada, Coysinha! ♥ ♥ ♥

CLAUDIÇÃO: Puxa, papai… meio tarde, eu acho. Olha aqui, ó… tá dizendo que ela está prestes a se casar com o multi-bilionário João Alcaçuz Dinheireri Vaz de Lima.

ARTEMÍSIO: E daí… Ela nunca ligou para essas coisas de dinheiro.

CLAUDIÇÃO: Será, papai?

ARTEMÍSIO: Ela era o amor da minha vida e eu era o amor da vida dela. Nós juramos amor eterno um ao outro. Se eu sonho com ela todas as noites, ela também deve sonhar. Ela só vai se casar com esse cara, provavelmente, por estar desesperançosa. Eu tenho certeza que é por mim que o coração dela bate!!! ♥ ♥ ♥

CLAUDIÇÃO: Mas, papai… eu acho que…

ARTEMÍSIO: Vai atrás dela pra mim!! Vai, por favor =D

CLAUDIÇÃO: Mas, papai… =(

ARTEMÍSIO: Ela não pode se casar sem antes saber que eu estou vivo… e ainda a amo ♥ ♥ ♥

CLAUDIÇÃO: Putz!


No outro dia, na organização da festa…

ORGANIZADORA: Tudo aos seus contentos, Dona Côysa?

DONA CÔYSA: Tá até bem razoável… Mas, sei lá. Falta um ourinho, sabe… põe mais ouro que tá pouco.

ORGANIZADORA: Mas já tem pelo menos 100 quilos de ouro na decoração da festa :o

DONA CÔYSA: Nossa, que miséria! Não precisa fazer mixaria não, meu bem… esse é o casamento do senhor e da senhora Dinheireri Vaz de Lima!

BALNEÁRIA: Então, Dona Côysa… o Dr. José Roberto Dinheireri Vaz de Lima, pai do seu noivo, disse numa entrevista que achou a decoração do casamento muito cafona…

DONA CÔYSA: Affff, manda aquele velho pastar! Ele já tá na prorrogação, nos 48 do segundo tempo, e vem querer jogar areia no meu casamento!? Ele que se lasque!!!

DR. DINHEIRERI (pigarreando): Errr…. É do meu pai que vocês estão falando?

DONA CÔYSA: o.O C-c-claro que não, meu dindim! É de outro velho babão que esqueceu de morrer…

DR. DINHEIRERI: Como assim “outro”? Meu pai é um velho babão que esqueceu de morrer?

DONA CÔYSA: o.O Éééé… não… não é que…

Balneária intervém: Então, Dr. Dinheireri! Olha a decoração, que coisa marrrrlinda!

DR. DINHEIRERI: É. Gostei da decoração.

BALNEÁRIA: Estávamos pensando em colocar mais ouro.

DR. DINHEIRERI: É. Pode ser.

Dr. Dinheireri sai do recinto, deixando Dona Côysa vermelha de vergonha…

DONA CÔYSA: Ai meu Deus, será que fiz besteira?

À noitinha, no salão de beleza…

DONA CÔYSA: Ai, eu nem acredito que faltam 3 dias pro meu casamento!!!

BALNEÁRIA: Bem se vê que a senhora tá feliz!

DONA CÔYSA: Feito pinto no lixo, meu amor! =D

Dona Côysa continuou fazendo cabelo, unha, limpeza de pele, etc. etc. ad infinitum. Algum tempo depois, sua assessora Balneária foi solicitada na porta do salão de beleza. Mesmo estranhando muito a situação, Balneária foi até lá averiguar.

Quando voltou, porém, trouxe uma situação delicada:

BALNEÁRIA: Tem um rapaz lá fora, Dona Coysa. Ele disse que é filho de um senhor que a senhora conhece bem.

DONA CÔYSA: Que senhor?

BALNEÁRIA: Um tal de… Artemísio.

Dona Côysa ficou com olhos esbugalhados.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

E agora? Como Dona Côysa reagirá a tal revelação? Não percam no próximo capítulo de CÔYSAS DA PAIXÃO.



Mestre Risada Forçada®

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram