Demitiram a cachorra e nem era baile funk

A organização secreta que todo mundo conhece CIA virou notícia depois de demitir uma filhote que vinha sendo treinada para identificar bombas. Ou seja, quem levou bomba foi ela 👌😎

Tudo começou a um tempo atrás na Ilha do Sol quando os agentes da CIA perceberam que Lulu não tinha lá muito interesse pelo trabalho (#SomosTodosLulu). A gente não sabe o que pode ter deixado Lulu tão borocoxô, mas pode especular...


Na tentativa de empurrar com a barriga e tapar o sol com a peneira, os treinadores da CIA chegaram a uma conclusão que, olha, valeu a pena ter nascido em 1987 e esperado até esse sábado sem morrer para ler essa coisa linda:

assim como pessoas, filhotes têm dias bons e ruins no trabalho

Veja quem também se pronunciou sobre a demissão da cachorrinha Lulu pela cia.

"A gente começa demitindo as cachorras, depois demite as preparadas e as popozudas. No fim, a gente já demitiu foi o baile todo".
Tigre Grande, cantor do grupo Bonde da Demissão.

"Não foi uma demissão, foi uma DEMICÃO. HIAHIAHIA HUEHUEHUE KKKK RSRSRSRS"
Zé Gracinha, enquanto comia o pavê-ou-pa-comê de confraternização na firma.

"Bem que essa CIA golpista fascista podia demitir o juiz Moro também".
Aquele seu tio com ☭certas☭preferências☭políticas☭

Depois de ter sido eliminada por não fazer o requisito, Lulu passou a viver na casa de um agente da própria CIA, que resolveu adotá-la. Foi recebida com esta linda página do cancioneiro popular criada pelo cantor Latido, que muito se identifica com a causa canina.


A cachorrinha, por sua vez, não se animou muito com essa história de ter que ir pegar. Preferiu esperar no canto dela pra evitar a fadiga. 

Mestre Risada Forçada®

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram