ENVOLVENTE SUCESSAGEM [Capítulo #4] – Fortes armações


Dona Sarityellen faz uma cara meio maquiavélica, que amedronta Halvarino um pouco.

HALVARINO: No quê que a senhora tá pensando, Dona Sarityellen!

DONA SARITYELLEN: No dinheiro do seguro da fábrica.

HALVARINO: Como é que é? =O

DONA SARITYELLEN: A gente pode pôr fogo na fábrica… e colocar a culpa na corna barraqueira. Que tal?

HALVARINO: Mas seria muita maldade, Dona Sarityellen! Eu vi essa menina crescer. Ela sempre foi boa, honesta, trabalhadora…

DONA SARITYELLEN: … até o dia em que recebeu duas galhadas, perdeu o controle e pôs fogo no antigo trabalho! Que tal? Fala se não é uma história excelente pra contar no tribunal.

HALVARINO: Não posso participar de uma injustiça dessas ='(

DONA SARITYELLEN: E se eu te der… 3% da grana do seguro?

Os olhos de Halvarino saltam, interessados…

HALVARINO: Eu ouvi… 10%?

DONA SARITYELLEN: Eu disse 3%, se dedica no cotonete…

HALVARINO: Continuo ouvindo 10%

DONA SARITYELLEN: 5%

HALVARINO: 8% e não se fala mais nisso!

DONA SARITYELLEN: Fechado! Hoje à noite mesmo a gente põe fogo nessa espelunca. E deixa tudo armado pra parecer que foi a tal da… da…

HALVARINO: Mistiane.

DONA SARITYELLEN: Isso mesmo! Mistiane!

Enquanto isso, na pracinha de Vila dos Bairros…

CLEONIÇA PIPOQUEIRA: Fica assim borocoxô não, minha filha! Quer pipoca?

MISTIANE: Obrigada, dona Cleoniça… Eu prefiro não engordar agora ='(

CLEONIÇA PIPOQUEIRA: Tá chamando minha pipoca de gordurosa? Ò.ó

MISTIANE: Não, dona Cleoniça! É que eu tô sem fome mesmo… sem fome, sem namorado, sem emprego… ='(

CLEONIÇA PIPOQUEIRA: Fica assim não, fia! Respira fundo e depois volta lá e pede o emprego de volta ;-)

MISTIANE: Não quero nunca mais colocar os pés naquela fábrica de camisinhas! U_U

CLEONIÇA PIPOQUEIRA: Mas do quê que cê vai viver, fia?

MISTIANE: Ainda não sei. Acho que vou virar dançarina de funk.

CLEONIÇA PIPOQUEIRA: Mas nem tem baile funk aqui em Vila dos Bairros!

MISTIANE: Puxa vida. Verdade! Então não sei o que vou fazer da minha vida. Ó céus, ó derrota!

Enquanto isso, na fábrica dos Preservativos Fofada.

CARLOS LEOPOLDINO: Dona Reginete, você que sempre foi mais próxima da minha Mistiane, precisa dar umas dicas de como eu posso reconquistá-la.

REGINETE: De jeito nenhum! Ela deu foi muito bem dado aquela bifa na sua cara! Eu achei foi pouco!

CARLOS LEOPOLDINO: Ah, puxa vida… ='(

Enfim, chega a noite. Mistiane decide pegar um boné jeans, uma caixinha de som com entrada USB, coloca um shortinho colado e vai para a praça dançar funk.

Logo de entrada, ela começa tirando 100 reais em pouco mais de uma hora passando o chapéu. A pracinha simplesmente se rende ao talento rebolativo de nossa heroína. Até que, por fim, chega ali seu ex-namorado. Carlos Leopoldino fica surpreso ao ver Misitane rebolando até o chão com o dedinho na boca.

CARLOS LEOPOLDINO: Quê que isso? =O

MISTIANE: Chouriço! ^_^

CARLOS LEOPOLDINO: Põe uma roupa decente agora, Mistiane!! Ò.ó

MISTIANE: Com que motivo?

CARLOS LEOPOLDINO: Porque… porque não é certo!

MISTIANE: Vai controlar a roupa daquela rapariga que você arrumou! Agora eu tô solteira e ninguém vai me segurar… DAQUELE JEITO!!!!

TRANSEUNTE: Vai embora daqui, ô… vacilão! Ninguém quer você enchendo o saco aqui.

Multidão concorda com o transeunte e Carlos Leopoldino decide ir embora, com aquela característica cara de cão sem dono.

A requebração vai loooonge, até o momento em que a ex-patroa de Mistiane chega à praça, batendo palmas calmamente. Só Cleoniça Pipoqueira está ali naquele momento, e já de saída.

MISTIANE: Veio tripudiar pra cima de mim?

DONA SARITYELLEN: De forma alguma. Você dança funk muito bem. Meus parabéns.

MISTIANE: Não sou mais sua funcionária.

DONA SARITYELLEN: Ah, disso eu sei bem.

Cleoniça Pipoqueira sai completamente de perto. Halvarino vai se aproximando de Mistiane por trás, carregando consigo um pano embebido com clorifórmio.

MISTIANE: Então, o quê que a senhora veio fazer aqui?

DONA SARITYELLEN: Eu nem te conto…

Imediatamente, Halvarino agarra Mistiane e a põe desacordada

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

E agora? O que Dona Sarityellen e seu capacho farão contra a doce, meiga e funkeira Mistiane? Não percam o próximo e emocionantíssimo capítulo de ENVOLVENTE SUCESSAGEM.


Mestre Risada Forçada®

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram