Header Ads

Flopa-Pau só passa nos cinemas do Brasil e prova que é um passarinho que voa pro sul, bem longe do ninho

Vosmecês devem estar sabendo que Pênis-Pinto Pica-Pau, aquele pássaro vermelho e mais sem-noção que Latino fazendo versão do Psy está com um filme em cartaz nos cinemas, não é!?

Eu sei, eu sei... você é adepto ao torrentão nervoso no The Pirate Bay. Também sei que a sua pipoca é mais gostosa e mais barata que a do cinema e você ainda pode comer com o restinho da maionese de ontem. E como a sua TV de 80 polegadas (pagas em 453003294 vezes no crediário) é mais aconchegante que um cinema cheio de moleque remelento, você aproveita para misturar sua Coca com vodka na hora de passar seus filmes no pendrive ou no cabo HDMI, tornando sua experiência caseira mil vezes melhor que a do cinema.

Mas tirando essas informações importantes, a outra bem curiosa é a de que o filme do Pica-Pau só irá passar nos cinemas de nosso Brasil brasileiro, do coqueiro que dá coco (onde o Pica-Pau já furou tudo).

No resto do mundo, inclusive nos Estados Unidos do Trumpistão, o filme já sairá direto em DVD. Para se ter uma ideia, nem trailer em inglês o filme teve. Foi tudo em português.



Tudo isso aconteceu por razões compreensíveis: Flopa-Pau é HUE-BR por natureza, e já não é popular na Gringolândia do Norte há décadas. No Brasil, onde emissoras de TV adoram economizar passando uma reprise marota pra encher a linguiça da programação, Pica-Pau já chegou a ganhar de Xoxa, a Ratinha dos Baixinhos.

Outro destaque (!!!!!) do filme é a brasileira Talaiá Laiá, muito conhecida pelo público brasileiro por suas atuações nas novelas [CONSULTAR WIKIPÉDIA] e nos filmes [AÍ É PEDIR DEMAIS, BRO].


Talaiá comentou sobre o menino estadunidense com quem contracenou, e do quanto ele conhecia o personagem vermelhoso e desmadeirante:

Eu contracenei com uma criança no filme, e com certeza ele não conhecia muito, não

Sim, meu bom Pica-Pau. Quem te conhece que te compre. Literalmente. Em DVD e Blu-Ray, em breve, naqueles cestões de promoção ao redor do mundo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.