Header Ads

header ad

Make Joy Villa féxion again

Neste domingo 28 (mundialmente conhecido como anteontem), aconteceu a Reunião Anual de Gente Chata MusicalGrammy Awards. Alguns ganharam, alguns perderam. Quem se importa?

Importante mesmo foi o vestido de Joy Villa, a quem passaremos a chamar carinhosamente de Joynha

Joynha dando um joinha à vida.

Apoiadora do presidento Pateta Pluto Mickey Donald Trampo, Joynha causou alvoroço ano passado ao vestir um vestido (vestir um vestido 🤔) com o mote da campanha presidencial, Make America Great Again ("fais América mais mió de boa traveis", em tradução livre).

Um muro na cara da sociedade.
Este ano, Joynha apareceu no Grammy com uma bolsa em favor da vida e um vestido branco com o desenho de uma arraia vermelha cabeçuda nadando numa piscina de arco-íris (portais de notícia disseram se tratar de um feto, mas não dá para ter muita certeza). Em suma, um vestido contra o aborto.

Quem aborta, aborta a vida. Não aborte, coma churros.
Este é o segundo ano em que Joynha aparece no Grammy com um vestido mais "tradicional". Por tradicional, leia-se: longo e feito de pano.

Joynha já encheu nossos olhos de vida em anos anteriores, com vestidos muito mais inusitados e leidegagosos.
 
Estou em obras para conseguir meu próprio Grammy qqqqq brinks
Bole que bole, menino. Bole que bole, que dá.

E é por isso que queremos usar a presente postagem para começar a campanha MAKE JOYNHA FÉXION AGAIN. Precisamos voltar a ver Joy Villa fazendo ~bonito~ no red carpet, com suas peças de roupa ~incríveis~ e ~únicas~.

Joy Villa, nossa linda. Não aborte sua criatividade. Reapareça em nossas vidas como um vento frio em 2019. Capaz até de você, finalmente, ganhar algum Grammy (na verdade, acho que não...). Esperaremos ansiosamente.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.