Header Ads

header ad

DEUS ME DIBRE DESSE AMOR [Capítulo #1] – O gol perdido



Jadice mata a bola no peito! Ela está sozinha na grande área. Todas as outras jogadoras do time adversário estão longe, bem longe dela. A goleira, inclusive.

NARRADOR: Mata que essa é tua, Jadice!

A goleira do Atlético de Ronquifussa está apavorada. Ela saiu da frente do gol para cobrar uma falta, já que ela tem prática. Como errou na falta, o time do Calamitoso Futebol Clube aproveitou para fazer um contra-ataque. Jadice está diante do gol. Só ela, a bola e o gol vazio.

JADICE CHUTA A BOLA COM TODA A FORÇA.

A bola é arremessada para longe, bem para longe. A arquibancada vai à loucura, desolada pelo gol perdido.

NARRADOR: Essa até meu neto de 5 anos fazia com a perna amarrada na roda do velocípede e uma garrafa de iogurte na mão!

GELINHO (na arquibancada): HUAHUAHUAHUA!!! Não tô falando!? Ô mulher ruim da porra! Essa Jadice é um embuste!

Jadice ouve a galhofa de Gelinho e fica furiosa.

JADICE: Cala a boca, Gelinho! ò_Ó

GELINHO: EMBUSTE! EMBUSTE! Futebol não é pra você, assombração! Vai logo fritar uma dúzia de hambúrguer na chapa pra sobreviver!

TEOZIN DO COXIPÓ: Djelinho, pega leve com a moça!

GELINHO: Que pega leve o quê, pai! Essa perna de pau que devia parar de jogar o nome do time do nosso bairro na lama!

JADICE: Você é um ridículo, Gelinho! Um ridículo!

Jadice sai do campo, pede para a técnica a substituir e vai para o vestiário, onde chora copiosamente. Gelinho continua rolando de rir na arquibancada.

Alguns minutos depois, o narrador avisa:

NARRADOR: FINAAAAAAAaAaAaaaaaAaALLLLL de jogo aqui na Arena Calamidade! Atlético de Ronquifussa 4, Calamitoso 3. O resultado poderia ter sido diferente se a atacante Jadice não tivesse perdido um gol dado no finalzinho do segundo tempo. Essa vai doer por uns 20 anos, amigo. É dose pra cardíaco!

A alguns quilômetros dali, na mansão de José Reno Linhares (mais conhecido como Seu Reno)…

DONA SANGRA (furiosíssima, com um tablet nas mãos aberto num site de notícias esportivas): Você viu isso, Reno!? VIU ISSO!!!???

SEU RENO: Calma, meu amorzinho!

DONA SANGRA: Calma é o caramba, seu imprestável! Olha esse resultado! Olha que humilhação! AAAAAAH EU NÃO AGUENTO!!! Ô FIVELLLYYYYYYYYYYYYYY!!!!!

FIVELLY (vai correndo): Chamou, Dona Sangra?

DONA SANGRA: Claro que eu chamei, sua serviçal incompetente! Me traz um copo de uísque pra conseguir engolir essa perfídia! Coloca cinco gotas de limão e um cubo e meio de gelo, viu!? Rápido, sua lesma!!!

FIVELLY: Sim, Dona Sangra!

Fivelly vai para a cozinha. Seu Reno põe panos quentes…

SEU RENO: Elas perderam de 4 a 3, meu benzinho. Nem foi uma derrota tão acachapante assim. E elas estão até indo razoavelmente bem nesse campeonato.

DONA SANGRA (mais furiosa ainda): Razoavelmente bem!? RAZOAVELMENTE BEM!!!??? Você gasta uma fábula patrocinando aquele time de pernas de pau pra elas irem razoavelmente bem, e uma retardada ainda perder um gol dado!? Ora, francamente!

SEU RENO: Futebol é assim mesmo, Sangrinha do meu coração. Um dia se ganha, outro se perde…

DONA SANGRA: Eu exijo que você retire o patrocínio a essas perebonas imediatamente!

SEU RENO: Ô, meu doce de coco. Não fica assim, tão braba.

DONA SANGRA: NÃO ME CHAMA DE DOCE DE COCO!!! Ò_ó

SEU RENO: Então fica calma que tudo vai se ajeitar, tá!?

Seu Reno dá um beijo no rosto de sua esposa, e vai para o escritório. A dondoca fica bufando, quase tento um siricotico de tão furiosa.

Algum tempo depois, na mesa de um boteco na Vila Calamidade…

JECKYSSON CLEYTON: Caraca hein, Gelinho! Depois de hoje eu fiquei com certeza que o que a galera comenta não é verdade.

GELINHO: Ih, parça… quê que a galera tá comentando aí? Bando de fofoqueiro…

JECKYSSON CLEYTON: Que no fundo, no fundo, você e a Jadice morrem de amores um pelo outro, e é por isso que vivem brigando feito cão e gato.

GELINHO: Ah, é isso!? HUAHUAHUA… disso eu já sabia. Ouço desde sempre.

TEOZIN DO COXIPÓ: Desde criança que o Djelinho e a Jadice vivia de sem graceira, mas também ficava demásh de se gostano...

JECKYSSON CLEYTON: Mas depois de hoje, ficou tenso!

GELINHO: Tenso mesmo! Aquele time feminino do Calamitoso é a coisa mais tosca do mundo! Mas a Jadice se supera! HAHAHA! E se superou ainda mais hoje!

JECKYSSON CLEYTON: Tu pegou muito pesado com as mina, cara!

GELINHO: Peguei nada! Bando de perebona!

TEOZIN DO COXIPÓ: (meio rindo): Até porque o time de hôme do Calamitoso também num é isso tudo…

GELINHO: Meu chapa, a gente é da quarta divisão. Eu sei que o time é uma desgraça! Eu sei que eu sou um jogador mediano, que eu não sou nenhum Chuteira de Ouro … mas, mano… daqui a um ano ou dois eu vou sair do time, assumir o caixa do Cantinho Digoreste e levar minha vida de boa, jogando a peladinha do final de semana… elas, não! Elas acham que vão se tornar as maiores jogadoras do universo. A Jadice me falou uma vez que… rsrsrs… que… HUAHUAHUHUAHUA… nem consigo falar!

JECKYSSON CLEYTON: Disse o quê?

GELINHO: Que sonha em jogar no futebol europeu! AHAHAHAHAH!!!

Seu Teozin e Jeckysson Cleyton riem-se entredentes.

GELINHO: Se for fazer show de horror em alguma ex-república soviética acho até que rola…

JECKYSSON CLEYTON: Tá, mas e essa parada de que você e a Jadice têm um lance?

GELINHO: É verdade! No fundo eu e ela também sabemos disso. Daqui a pouco, quando eu assumir o caixa do restaurante, a Jadice vai ser minha esposa e vai assumir a contabilidade. E a gente vai ter a vidinha da gente numa boa…

TEOZIN DO COXIPÓ: Você mangou demásh da moça hoje, fio! Fez muita réiva nela! Num sei mais se as coisas vão ser desse djeito, não…

Gelinho fica pensativo, bebe o copo de cerveja e não fala mais nada…

Enquanto isso, no vestiário da Arena Calamidade…

TÉCNICA MAURICENE: Meus amores, a gente precisa ter uma conversa bem séria.

NAVYLEIDE (outra jogadora): Espero que a senhora não poupe ninguém, viu… U_U

JADICE: Já vi que vai sobrar pra mim ='(

TÉCNICA MAURICENE: Vai sim, vai muito… e não adianta se fazer de vítima não, tá!? U_U

JADICE: Nossa, que grossa ='(

TÉCNICA MAURICENE: E você é uma fofíssima. Beijos. ENFIM, MINHAS QUERIIIIIDASSSS… o lance é que depois da derrota de hoje, o Craudinho Construção e o Trailer de Dogão da Julyanny Safena retiraram o patrocínio do nosso time.

As jogadoras olham surpresas e apreensivas.

JADICE: Puxa, puxa, que puxa! E a Farmácia Cheydas Droga já tinha retirado o patrocínio semana passada. Eu sou um fracasso, mesmo… ='(

TÉCNICA MAURICENE: O único patrocinador que ainda resta é a Reno Kibes, aquela lanchonete do Seu Reno.

NAVYLEIDE: Ah, mas o seu Reno é de boa.

TÉCNICA MAURICENE: Pode até ser, mas a esposa dele nunca foi muito com a nossa cara. E eu fiquei sabendo que ela tá fazendo a cabeça dele pra pular fora do nosso barco. Depois de hoje, então, não duvido de mais nada.

JADICE: Puxa vida!

TÉCNICA MAURICENE: Portanto, acho bom e imprescindível que a gente ganhe o próximo jogo! Nem que a gente precise treinar das 4 da manhã à meia-noite! Cês tão me ouvindo, suas pernas-de-pau!?

NAVYLEIDE: Perna-de-pau aqui é só a Jadice. Eu, hein!

JADICE: Eu perdi esse gol hoje, mas e você que perdeu aquele pênalti que a goleira tropeçou semana passada!?

NAVYLEIDE: Tropeça aqui pra dentro pra você ver, sua vaca! Ò.ó

JADICE: Vaca é a senhora sua vovozinha, aquela bigoduda!

NAVYLEIDE: Não põe minha avó no meio, sua cretina!

Navyleide e Jadice saem no braço e rolam no chão enquanto puxam o cabelo uma da outra. As outras jogadoras gritam "Porrada! Porrada!"

TÉCNICA MAURICENE: PAREM JÁ COM ISSO, SUAS BARRAQUEIRAS DE UMA FIGA! Ou eu cancelo o voucher do salão de beleza! Ora, francamente…

JADICE: Desculpa, técnica Mauricene.

TÉCNICA MAURICENE: Tá desculpada! Agora, o que não tem desculpa é perder o próximo jogo. Estamos conversadas!?

TODAS: Sim, técnica Mauricene ='(


Algumas horas depois...

Já é de noitinha quando Jadice vai se aproximando do portão de casa. Lá, encontra Gelinho, que a esperava com aquele sorrisão…

GELINHO: E aí, Jadice? Tudo de boíssima?

JADICE: Como assim, "de boíssima"? Meu time perdeu o jogo!!

GELINHO: É… bem mal, mas… e aí… bora sair, pegar um cineminha?

JADICE: HÃÃÃ!? O_O

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

E agora? Será que Jadice sai com Gelinho? E o time Calamitoso F. C., será que vai ganhar o próximo jogo? Não perca o próximo capítulo de DEUS ME DIBRE DESSE AMOR.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.